Ufal e Sociedade 111 - Expedição científica ao baixo São Francisco

A repórter Rose Ferreira, que acompanha a expedição, conversou com o coordenador, professor Emerson Soares
Ufal e Sociedade 111 - Expedição científica ao baixo São Francisco

Desde o dia 1º de novembro, partindo da cidade de Piranhas, cerca de cem expedicionários estão enfrentando o calor e as acomodações improvisadas em duas grandes embarcações que estão navegando pelo Rio São Francisco, descendo até a foz, no município de Piaçabuçu, com previsão de chegada no dia 10.

Essa é a maior expedição científica do Brasil, que percorre as cidades coletando dados, promovendo ações de educação ambiental e realizando ações de saúde pública. São mais de 35 áreas de atividades durante essa 4ª expedição. A principal missão desses expedicionários é a unidade de esforços em defesa do Rio São Francisco e das comunidades ribeirinhas.

Nossa colega jornalista Rose Ferreira, da Assessoria de Comunicação da Ufal, também é expedicionária e nossa correspondente nessa aventura pelo velho Chico. Ela conversou com o professor Emerson Soares, do Campus de Engenharias e Ciências Agrárias (Ceca) e coordenador-geral da expedição, sobre os desafios do percurso e a recepção nas cidades.

Edição de áudio: Edilberto Sandes (Brother)